ARTAUD, GROTOWSKI, O RITUAL E O TRANSE – UM TEATRO DE MEMÓRIAS EM AÇÃO TRANSFORMADORA DO CORPO.

Rafael Ricieri, Ludmila Castanheira

Resumo


O presente trabalho apresenta uma investigação referente ao estado de transe no Teatro. Verifica – no Teatro Ritual – que este ocorre em nível físico: o corpo. Averígua questões ligadas a processos de criação do ator e a estados de atenção que lhes são próprios. Traça ligações entre autores como Antonin Artaud (1999), Jerzy Grotowski (1959), Michel Foucault (2010), Richard Schechner (2012), Félix Guattari e Gilles Deleuze (1947), no que se refere a pontos convergentes e divergentes entre conceitos teóricos e práticas.


Palavras-chave


Teatro Ritual; Corpo; Transe.

Texto completo:

PDF páginas 22-33