Reflexões sobre Corporeidade e Teatralidade

Ubiratan D'Ambrósio

Resumo


Na sua brilhante tese de doutorado intitulada A Arte de Ator: da Técnica à Representação. Elaboração, Codificação e Sistematização de Técnicas Corpóreas e Vocais de Representação para o Ator (PUC - São Paulo, 1994), Luís Otávio Burnier focaliza a incorporação, pelo ator, do objeto de sua representação, e a maneira como essa incorporação se assemelha à criação de uma outra vida. Isto resulta da importância dada por Burnier à ação como a essência do fazer/saber que caracteriza o ser (verbo) humano.

O ciclo realidade/indivíduo/ação, que chamo o contínuo da vida, é fundamental para as discussões a seguir. O comportamento humano é ação. O indivíduo capta informações da realidade, que é constituída por artefatos, mentifatos e fatos naturais, e processa essas informações, definindo assim estratégias de ação.


Texto completo:

PDF