REFLEXÕES ACERCA DA PRÁTICA DO ÉTUDE NO PROCESSO DE CRIAÇÃO DO ESPETÁCULO “NOSSA CIDADE”

Silvana Baggio Ávila

Resumo


 

Este artigo reflete sobre a prática do étude no processo de criação de cenas do espetáculo “Nossa Cidade”, que teve como base o texto do dramaturgo norte-americano Thornton Wilder. A prática artístico-pedagógica de criação de études, intrinsecamente ligada ao Método da Análise Ativa de Stanislávski, constitui um caminho possível para o desenvolvimento da autonomia criativa do ator por meio de um trabalho investigativo sobre a ação física e sua sequência lógica e coerente. Nesta abordagem criativa, os estudantes de atuação do Curso de Artes Cênicas realizaram improvisações tanto sobre circunstâncias propostas pela obra dramatúrgica quanto pelo diretor e pelos próprios atores a partir da relação imaginativa destes com o universo da obra do autor. 


Palavras-chave


Étude; Circunstâncias propostas; Ações físicas; Ator

Texto completo:

PDF